>Tamanho não é documento

>
A questão do tamanho é um fantasma que assombra muitos homens. Mesmo aqueles, digamos assim, mais bem “dotados” muitas vezes gostariam de ter um maior também. Quase nenhum homem invejaria Hitler com o seu diminuto e os problemas psicológicos que o ditador alemão certamente possuía. O de Chaplin também não era grande coisa, mas as mulheres o adoravam. De fato, muitas mulheres dizem não importar o tamanho, pelo menos em público. Mas e quando é grande demais? Pode alguém ser vítima de preconceito por excesso de exuberância? Pode, sim. É o caso de um policial americano Ron Discus.
O sujeito foi suspenso e teve seu pagamento cortado por 3 dias porque conselheiros da cidade de Sylvania, no estado americano de Ohio, consideraram seu bigode grande demais, impróprio para um policial.
Segundo o chefe de polícia Robert Metzger, o ornamento facial de Discus é do tipo “General Custer”, longo e se estendendo pela lateral da boca. Pela descrição, parece com o bigode de Eufrasino, personagem dos cartoons do coelho Pernalonga.
Discus pretende recorrer da decisão.

http://www.kfi640.com/script2/print.php?page=/cc-common/news/sections/newsarticle.html&article_id=4452541&feed_id=104673

Sobre doutorcasa

Neurocirugião autodidata, paranormal e carpinteiro.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s