>“Vampira”, do século XVI, é encontrada enterrada em cova para vítimas da peste negra, em Veneza

>Essa é especialmente dedicada a meu irmão vampiro!

A descoberta de uma pequena ilha chamada Lazaretto Nuovo, na lagoa de Veneza, pode comprovar que a crença medieval de que vampiros estavam espalhando a peste negra tinha lá seu fundamento.
Matteo Borrini, um antropologista da Universidade de Florença, diz que graças a um achado, na ilha, essa é a primeira vez que a arqueologia consegue reconstruir o ritual de exorcismo de um vampiro e que isso finalmente explicaria como o mito dessas criaturas da noite surgiu.
O achado consiste num esqueleto desenterrado de uma cova coletiva datada de 1576. A cova se destinava a receber vitimas da praga falecidas da ilha, que tinha a função de receber aos infectados. O esqueleto seria de uma “vampira”, como acreditavam seus contemporâneos. Havia em sua boca uma espécie de tijolo impedindo o movimento de sua mandíbula, com óbvio intuito de impedir a morta-viva de se alimentar de pessoas, caso deixasse a cova, impedindo assim que espalhasse a peste.
O cientista acredita que o desconhecimento sobre o processo de decomposição dos corpos foi cabal para o surgimento do mito. Milhares de pessoas morreram vitimas da doença entre 1300 e 1700. Quando coveiros reabriam as covas muitas vezes eram surpreendidos por corpos que saltavam das tumbas, impulsionados pelos gases, com os cabelos ainda em crescimento e bocas cheias de sangue. Daí a se concluir que ainda estavam vivos e famintos era um pequeno passo.
Borrini explica que o ritual medieval para matar definitivamente a um vampiro consistia em buscar uma forma de impossibilitar que sanguessuga pudesse movimentar seu maxilar, para que não pudesse mais se alimentar de sangue e morresse de fome, como uma criança impedida de se amamentar. Embora a teoria já fosse conhecida, graças a textos da época, essa é a primeira vez que se encontram restos mortais de alguém que tenha recebido esse tratamento.

http://www.chinadaily.com.cn/life/2009-03/13/content_7577219.htm

Sobre doutorcasa

Neurocirugião autodidata, paranormal e carpinteiro.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s