>Queniano processa ONG por causa de greve de sexo

>

James Kimondo diz conhecer bem seus direitos. Por causa dos danos físicos e emocionais sofridos por uma crise de insônia Kimondo decidiu procurar socorro judicial e responsabilizar que acredita ser o culpado por seu problema.
Dessa forma, o fogoso queniano está processando a ONG “Organização de Mulheres pelo Desenvolvimento”. A organização teria estimulado mulheres do país africano a participarem de uma greve de sexo por uma semana. Como sua esposa aderiu e Kimondo não consegue dormir sem uma boa relação sexual ele teria sido acometido de agonia, estresse, dores nas costas e falta de concentração, segundo o próprio.
O homem, que aparentemente nunca ouviu falar em masturbação, disse que a ONG interferiu na felicidade de seu casamento e em seus direitos conjugais.
A intenção da ONG era impedir que uma onda de violência se espalhasse pelo Quênia, como aconteceu após as eleições de 2007. Ainda não se pode avaliar o sucesso obtido pela greve, mas Kimondo, aparentemente, ficou bem mais tenso.

http://www.cnn.com/2009/WORLD/africa/05/09/kenya.sex.lawsuit/index.html

Sobre doutorcasa

Neurocirugião autodidata, paranormal e carpinteiro.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s