De olhos abertos para os hobbits: Japoneses criam menor camêra HD do mundo

Você que tem as mãos de uma criança de cinco anos de idade, essa é a sua máquina fotográfica.

A MAME-CAM DX tem o tamanho de uma caixa de fósforos e pesa apenas catorze gramas. Tira fotos em JPEG com resolução de 3,264 x 2,448 e ainda tem suporte para cartões microSD e SDHC de até 32GB.

Se não é máquina dos sonhos, exceto para um duende, é perfeita para ser encondida no bolso e tirar fotos discretas dos colegas de trabalho em momentos constrangedores, como dormindo e babando em frente ao computador no meio do expediente.

Sobre doutorcasa

Neurocirugião autodidata, paranormal e carpinteiro.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para De olhos abertos para os hobbits: Japoneses criam menor camêra HD do mundo

  1. interstellar burst disse:

    japoneses sempre se inspiram na própria anatomia. anões, irlandeses, cearences ou todos em um, agradecem a colaboração da terra do sol nascente.

  2. Meu grande amigo Casa!

    Que bom que está de volta, e de Casa nova.. Estava com saudades de suas postagens.. E vi que tirou o atraso…

    Comentando sobre o post, isso me fez lembrar quando surgiu a Breeze Cam, a menor câmera digital do mundo, eu tenho uma, não tem visor também, mas a lente não era acoplada, era retrátil. Tinha dois tipos de resolução 16bytes de pixel (20 fotos) ou 32 (10 fotos) e ainda era capaz de gravar um vídeo de incríveis 3 segundos!! Não tinha espaço para cartão de memória, tinha 32mb de memória e apenas dois botões. O visor de funções era igual de rádio relógio com apenas dois caracteres. Paguei R$ 60 reais na promoção na internet. E para terminar eu levava as fotos em um disquete.

    Parece que estou falando de algo há muito distante, mas isso foi em 2006!

    Agora essa é isso tudo.. ¬¬

    Abraços!

    • doutorcasa disse:

      hey, augusto! seja bem-vindo. a casa é sua, rs posso colocar seu blog na minha lista? então, sobre essas tecnologias distantes… ainda lembro quando eu tinha um zip e tirava onda com seus inacreditáveis 100mb. e cabia td meu portfólio. também houve época em que pagava uma amigo para copiar cds pq o cara tinha gravador de cd! :O tem dias que me sinto uma personagem de flintstones,rs. abraços do doutor!

  3. Lucia disse:

    hahahaha
    adorei o comentario final e sinceramente senti que foi feito em relacao a alguem que eu conheco!!! hehehehe Ahhhh se eu tivesse essa camera naquela epoca!!
    saudades de vc.
    bjos

  4. Julio Braga disse:

    Cara, zip drive…
    Eu me lembro que isso era a coisa mais fantástica que existia, pois era +/- do tamanho de um disquete e cabia incríveis 100mb…
    Nunca possui um, pois é muito caro.
    Hoje em dia, compro, sem muito esforço, um pendrive de 4Gb por míseros R$20,00.
    Me lembrei também do meu primeiro pendrive de 64Mb, fatástico, veio direto da China e paguei incríveis R$82,00 parcelado em 2X, pois isso era boa parte do meu salário na época (2006).
    Parabéns pelo post!

    • doutorcasa disse:

      pois é, julio. é a tecnologia fazendo de tudo para nos tornar obsoletos! rs engraçado como é fácil perder a noção. respondendo a você agora lembrei que tive um msx da gradiente, com disco de 5 1/4!!! chegou a testemunhar isso? hehehehe valeu pelo elogio ao post e volte sempre! abraços do doutor

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s