Um banco que não precisa de segurança por contar com proteção divina

O Banco Ram Ram não precisa de dispositivos sofisticados, uma equipe de segurança treinados ou mesmo uma porta. Obtém toda a proteção que precisa do deus Rama.

O fundador do banco, que funciona em um quarto no fundo de sua casa,  Lovelesh Tewari explica que quem tem fé não tem medo. E, é claro, o fato de o banco não receber dinheiro e sim pedacinhos de papel com o nome do deus Rama escrito também não deve estimular os ladrões.

A cada 6 horas os depósitos são recolhidos e encaminhados para um templo nos arredores.

Entre os clientes do banco estão pessoas comuns, celebridades e até políticos. E de diferentes credos também.

Só não pensem que Tewari e o Ram Ram trabalham de graça, afinal banqueiro é banqueiro. Se não dá para cobrar juros de agiota de seus clientes, a instituição aceita quase de tudo, desde maços de cigarro até pedaços de jornal, sempre devidamente escritos com o nome da divindade. O lucro seria obtido através do bom karma acumulado por cada graça alcançada pelos clientes. Um negócio da Índia.

O sucesso é tamanho que o Banco Ram Ram estuda abrir filiais.

Sobre doutorcasa

Neurocirugião autodidata, paranormal e carpinteiro.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Um banco que não precisa de segurança por contar com proteção divina

  1. Lucia disse:

    HEIN????

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s