Canhotos são mais medrosos que destros

A doutora Carolyn Choudhary e seus pesquisadores, da Queen Margaret University, em Edimburgo, concluíram que canhotos são até 2 vezes mais sujeitos a efeitos de estresse pós-traumático que os destros.

O estudo foi o seguinte. Um grupo composto de destros e canhotos foi submetido a 8 minutos de um clipe com cenas selecionadas do filme “O Silêncio dos Inocentes”. Perto do climax de tensão, os voluntários tinham que relatar o que haviam visto. Os canhotos forneceram informações muito mais fragmentadas e confusas que os destros, um sinal bem comum de trauma em pessoas submetidas a sensação de medo intenso.

E os ambidestros?

Sobre doutorcasa

Neurocirugião autodidata, paranormal e carpinteiro.
Esse post foi publicado em ah a ciencia e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s