Homem fura o dedo em espinho de rosa e quer indenização de 15 mil dólares

O glorioso Charles Imwalle, de 41 anos, da Flórida, alega ter sofrido dor lancinante, perdido dias de trabalho, elevadas despesas médicas, além de uma deformidade no dedo. Tudo causado pelo espinho de uma rosa.

Fez as contas com seu advogado e concluiu que a bagatela de 15 mil dólares é o suficiente para indenizar seu sofrimento.

A rosa foi comprada numa loja da rede Winn-Dixie, em fevereiro. Segundo o processo movido, a rosa deveria estar totalmente livre de espinhos e seu caule melhor protegido. Além do mais, Imwalle alega não ter encontrado nenhuma substância antibactericida no display de vendas, motivo pelo qual a ferida teria infeccionado.

Tanto o advogado de Imwalle como representantes da empresa se negaram a comentar o caso. Apenas a importadora da rosa, a Passion Growers – que também é ré no processo – se pronunciou pondo a culpa na flor, que mesmo esterilizada causou esse problema.

Sobre doutorcasa

Neurocirugião autodidata, paranormal e carpinteiro.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Homem fura o dedo em espinho de rosa e quer indenização de 15 mil dólares

  1. PAULINHO disse:

    As rosas não falam… e que não fala… consente!
    http://www.pernadepautupa.wordpress.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s