Nazis queriam “temível” exército de cães falantes

Segundo um relatório recentemente divulgado, Adolf Hitler criou uma escola para ensinar leitura e fala para caninos. E teve sucesso.

O experimento ocorreu em 1930 e foi chamado de “Wooffan SS”. A escola de desenvolvimento canino teve lugar na cidade de Leutenburg. A instituição, dirigida por Margarethe Schmitt, funcionou até meados da Segunda Guerra Mundial e seu objetivo era criar uma unidade de elite canina para uso bélico.

Pelo menos um dos cachorros teria dito “Mein Führer”, quando perguntado sobre quem seria Adolf Hitler. Outros cães seriam capazes de identificar todo o alfabeto através do toque de suas patas em impressos.

Mas o destaque mesmo ficou para um canino que seria poliglota, além de debatedor de religião e poeta.  Rumores dizem que o animal teria sido critico literário também, abandonando rapidamente essa carreira após uma critica não muito simpática a “Mein Kampf”.

Sobre doutorcasa

Neurocirugião autodidata, paranormal e carpinteiro.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s